Copyright © 2019 Bomache - Voleio Indústria de Confecções Ltda - CNPJ 15.537.572/0001-81 • 85 3444.7000

  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Bomache

Lançamento do Flamengo. Marca Esportiva x Marca Própria.


Gabigol, Diego e Cuéllar puxam fila, e Flamengo supera R$ 4 milhões em camisas em dois dias.

Uniforme 01 do Flamengo / Adidas - Temporada 2019 | Foto: Reprodução

Primeira remessa, com mais de 16 mil peças, esgotou na segunda-feira, e fornecedor promete reposição imediata. Clube fica com cerca de 10% do valor em royalties.


Fonte: globoesporte.globo.com | Por Cahê Mota - Rio de Janeiro - 27/03/2019.

Camisa 9 de Gabigol foi a mais procurada pelos torcedores — Foto: André Durão

Entenda: sem dúvida alguma o resultado apresentado na matéria é excelente e só reforça a força do clube. Mas, e como seria essa conta se o Flamengo operasse com o modelo de negócio marca própria?


Além de resultados mais expressivos, o clube passa a ser, de fato, o dono da bola. Isso porque:


  • A marca esportiva levou três anos para acertar o uniforme. Com a marca própria a assertividade é maior e o tempo é bem menor já que o projeto é feito em parceria com a torcida, num diálogo muito mais próximo com foco nos desejos e necessidades dos fãs consumidores;

  • Garantimos, no mínimo, triplicar os valores das receitas com esta operação;

  • Criamos um ativo para o clube tão importante quanto os que ajudam a criar a identidade das instituição, tais como: estádio, torcida etc;

  • Se levarmos em consideração um markup de 2.0, sendo o preço de atacado de R$ 124,90 - os 10% de royalties (R$ 12,49) multiplicados pelas 16 mil peças, o valor total arrecado será de R$ 200.000,00. Se o clube optasse pela marca própria essa arrecadação seria 3 vezes maior, já que os royalties seriam de 30%, ou seja, de R$ 600.000,00.


Quer saber mais sobre como funciona o modelo de negócio marca própria? Clique aqui ou entre em contato conosco.



#Bomache #EspecialistaEmMaterialEsportivo #MarcaPrópria #MaterialEsportivo #Futebol #Business #Brasileirão2019

352 visualizações